ESPECIALISTAS EM COURO ENSINAM OS CINCO PASSOS PARA LIMPAR SUAS PEÇAS SEM ESTRAGAR


Com a aproximação do inverno é hora de resgatar do fundo do armário as roupas, acessórios e calçados de couro. Por terem uma duração longa, o couro legítimo (ou seja, de origem animal) requer cuidados especiais para prolongar sua duração. O segredo maior está em como as peças são limpas e guardadas.

Especialistas no material, a estilista mineira Patricia Motta e Baltazar Guedes, proprietário do Centro de Recuperação e Conservação do Couro, em São Paulo, ensinam as melhores maneiras de cuidar das suas peças e garantir vida longa.

1. GUARDAR
Não estoque as peças em sacos plásticos e em ambientes fechados, pouco ventilados e úmidos. “Por ser uma matéria-prima sensível, deve respirar”, pontua Patricia. Procure manter as peças separadas, para evitar a transferência de cor de uma para outra.

2. LIMPAR
O ideal é procurar uma lavanderia especializada, pois cada acabamento aplicado no couro define qual tratamento deve ser feito no artigo. Em casa, use produtos de limpeza específicos, prestando atenção nas especificações do rótulo. E sempre faça um teste antes, em um pedaço escondido da peça, para evitar que estrague. “Também é importante seguir a etiqueta do peça”, ressalta Baltazar. No caso de couros claros, a remoção em casa é ainda mais difícil pois a sujeira tende a impregnar na peça.

3. SEM ÁGUA
É certeiro: peças úmidas vão mofar e manchar. Se molhou, deixe a peça secar à sombra e, durante a secagem, “penteie-a” com uma escova de cerdas bem macias. “Isso evita que o couro manche, já que o corante tende a se acumular no local que molhou”, explica Baltazar.

3. MOFOU?
Depois da limpeza em uma lavanderia especializada, deixe a peça respirar antes de colocar no closet. Cuidado extra: aquelesa antimofos de armário não funcionam bem com o couro, que tende a absorver a água que se acumula no recipiente. Baltazar detalha: “esses potes acumulam a água do ambiente, que se mistura com produtos químicos. Essa água pode ser re-absorvida pelo couro, e isso causa danos irreparáveis”.

4. PODE PASSAR?
Pode, mas com ferro em torno de 40° C – e nunca diretamente no couro. Proteja a peça com um pano fino ou papel manteiga. Antes, faça um teste em algum cantinho da roupa, para não estragar uma parte muito visível. O vico é muito grande? Esqueça, não há ferro que dê jeito.

 

Fonte: Chic – Gloria Kalil /13.05.2014

Solicite aqui seu orçamento

Responderemos o mais breve possível.

Compartilhe!

Entre em Contato


A CRC tem mais de 20 anos de atuação no mercado de tratamento de roupas, acessórios e artigos finos de couro a CRC Couro se destaca oferecendo soluções exclusivas para um público cada vez mais exigente.
Será um prazer atendê-lo.

Endereço Av. Quarto Centenário, 1524
Ibirapuera, São Paulo, SP
04512-010
Telefone +55 11 3044-5474
+55 11 99783-8437
Horário De Segunda a Sexta
Das 8h às 18h
Email atendimento@centrodocouro.com.br
CRC - Centro do Couro / Recuperação, pintura, limpeza, lavagem / Bolsas, Casacos, Sapatos
WhatsApp Fale Conosco por Whatsapp
CRC Couro